Blog

Home Conteúdos Inbound Marketing O que é Marketing de atração?

O crescimento da internet nos últimos anos fez com que os consumidores mudassem radicalmente a forma de comprar produtos e serviços. Essa mudança também impactou a forma como as empresas fazem marketing.

Antes, a sua empresa precisava estar presente em feiras e eventos, no dia a dia das pessoas, ou até mesmo precisava comprar espaços em revistas e estandes para que o seu público-alvo soubesse da existência dela.

Ah, a lista telefônica também era uma opção para encontrar empresas, lembra?


Para empresas que vendem ao consumidor final (chamado B2C), a compra de mídia nos veículos de marketing tradicionais como TV, rádio e jornal tinha que ser enorme e era essencial para gerar visibilidade.

Além disso, os vendedores eram os caras chatos que ficavam abordando as pessoas, sem filtro algum e sem saber se aquele consumidor estava interessado ou não no seu produto. O processo de vendas era um processo custoso e demorado, tendo uma taxa de conversão em vendas baixíssima perto do número de pessoas abordadas.

Existe uma frase bastante dita nos últimos tempos que é: “não é o vendedor que vende, é o cliente que compra”. E essa frase não podia estar mais certa.

O poder que a internet deu para os consumidores é enorme, invertendo a lógica de consumo e fazendo com que a sua empresa tenha que ser mais atrativa para se destacar entre os concorrentes.

Tudo isso pode ser feito com técnicas de marketing digital, também conhecido como inbound marketing, ou ainda, como é de costume falar, marketing de conteúdo.

Existem diversas fases e etapas que devem ser observadas e vamos explorar cada uma com mais profundidade.

E é sobre isso que nosso artigo vai falar hoje: ATRAÇÃO!

A ATRAÇÃO é a primeira etapa do funil do marketing digital e é responsável por causar as boas ou más impressões que o seu público-alvo vai ter da sua marca.

Essa é a fase do marketing mais importante (não desmerecendo as outras), pois se a atração não for bem feita, as outras etapas nem existirão. Inclusive, é a fase mais difícil também. Você pode ver algumas dicas de como aumentar a visibilidade da sua marca.

A etapa de atração possui 3 tópicos que devem ser levados em consideração:

1. Produção de conteúdo

O que as pessoas irão encontrar na internet quando procurarem pelos serviços que sua empresa vende? As informações disponíveis são suficientes para fazer o seu público se interessar e avançar no processo de compra?

Aqui, muitos empreendedores falam sobre o seu produto como o mais indicado para o cliente, como se fossem milagrosos. Isso não funciona mais. O cliente não é burro e vai saber por si próprio se o produto é o mais indicado. Não adianta forçar.

Além disso, escolher uma boa plataforma para disponibilizar esse conteúdo também ajuda a deixar o material da empresa mais atrativo. Essa plataforma pode ser um website, um blog ou uma landing page, que precisa entregar uma experiência de consumo de conteúdo para que o usuário queira continuar a leitura ou queira deixar um contato para conversar com a empresa.

Então, produza conteúdo de qualidade sobre seu negócio, fale dos benefícios e eduque o mercado sobre o que está vendendo, dando ao consumidor a melhor experiência possível através das ferramentas da internet.

Um texto bem escrito e um design bem feito já é meio caminho andado. Erros de português e textos genéricos copiados de concorrentes podem pegar mal pra quem ainda não conhece sua empresa. Um design feio, inelegível e com cores que não combinam com a sua marca também vai construir uma baixa percepção de valor na cabeça do consumidor e sua credibilidade pode ir por água abaixo.

Dica: invista em uma boa redação e um bom design. Isso gera boa experiência do usuário e cada detalhe é importante pra somar pontos na cabeça do consumidor sobre sua marca, sua empresa e seu produto.

O segredo aqui é: seja consistente!

2. Otimização de conteúdo

Como falamos anteriormente, a sua empresa precisa estar disponível para ser encontrada na internet. Isso significa dizer que se alguém pesquisar os termos relacionados ao seu negócio no Google, PRECISA encontrar a sua empresa.

Senão, de nada adianta produzir toneladas de conteúdo se a plataforma e as palavras-chave das buscas por esse conteúdo não estão otimizadas.

Esse é um trabalho um pouco mais avançado e é conhecido como SEO (search engine optimization) ou otimização dos motores de busca. Existe ainda a otimização para mídias sociais, cuja sigla é SMO (social media optimization) ou otimização de mídias sociais.

Falamos mais especificamente sobre esses dois termos em outro artigo. A ideia aqui é chamar a atenção para a importância de estar bem posicionado para poder ser encontrado pelos consumidores nos buscadores, principalmente Google e Facebook, que hoje são os mais utilizados.

3. Compra de mídia

Por último, mas não menos importante, se você quer um resultado mais rápido para ser encontrado, a opção de comprar mídia é bastante interessante, principalmente quando o segmento é uma startup ou é um produto apelativo de compra momentânea, o qual as pessoas não costumam procurar tanto assim no Google ou Facebook.

Atualmente há duas principais formas de comprar mídia na internet:

a) Facebook Ads: tem como ponto mais forte a segmentação de público que você pode escolher pra quem impulsionar e apenas o público selecionado vai receber sua oferta.

Isso otimiza muito a verba de mídia pois é bem mais direcionado.

Tem funcionado muito bem para produtos de compra rápida, como gastronomia, beleza, moda e lazer.

b) Google AdWords: o anúncio de links patrocinados tem como ponto mais forte a facilidade de encontrabilidade por quem já procura pela palavra-chave relacionada ao seu produto. Só vai achar o conteúdo quem está buscando por ele.

Normalmente atrai consumidores que estão em momentos mais próximos da compra. Funciona muito bem quando o produto requer um investimento mais alto e é mais complexo, como imóveis, veículos, saúde, serviços etc.

LinkedIn, Instagram e Twitter também são opções que precisam ser observadas de acordo com o seu negócio.


Atenção para o que não funciona

Anúncios em banners em grandes portais, comprar lista de e-mails e comprar seguidores. Sério, isso realmente não funciona.

Em resumo, o marketing de atração é a primeira fase de qualquer estratégia de marketing, sendo a mais importante, já que é o primeiro contato que o cliente vai ter com a sua empresa. Por isso:

  • Produza conteúdo;
  • Otimize o conteúdo;
  • Compre mídia.

Esperamos que tenha gostado do artigo.

Assine nossa newsletter e siga acompanhando nossos conteúdos.

Bons negócios!

Comentários