BLOG

Como fazer conteúdos de topo de funil

Confira o que é essencial para não errar na hora de criar conteúdos para o topo de funil

Foi-se o tempo em que os clientes eram atraídos apenas por propagandas diretas e abordagens mais agressivas. Hoje, com tantas possibilidades do marketing digital, é possível atraí-los por meio de conteúdos educativos e que os conduzam a soluções de suas dores e dúvidas.

Para isso, na estratégia de marketing, podemos fazer conteúdos baseados no funil de vendas, pensando em cada etapa que a persona está percorrendo, até ela se tornar um lead qualificado e pronto para a compra.

Bem resumidamente, a persona percorre alguns caminhos até que se torne um cliente de fato. No marketing, essa jornada é o funil de vendas, que pode ser dividido em 3 etapas:

  • Topo do funil (descoberta e interesse)
  • Meio do funil (consideração e consideração)
  • Fundo do funil (avaliação e compra)

Visualizando o funil, fica mais claro de entender que, quanto mais no topo, menos conhecimento a persona tem sobre sua empresa, serviço e do problema que ela enfrenta. Logo, os conteúdos desta etapa não podem ser promocionais ou falar sobre o produto ou serviço que a empresa oferece.

Agora, vamos entender melhor como produzir conteúdo para o topo do funil.

A produção de conteúdo para cada etapa do funil tem como objetivo educar o possível cliente e visitante do seu site. É a etapa que mais precisa de volume de conteúdo para fazer com que o usuário chegue às demais etapas do funil.

Nas primeira etapas, principalmente, ele ainda não sabe das dores que tem, ainda não conhece o produto, não tem consciência do problema. Você ainda não irá mencionar o nome da sua empresa, pois isso pode afastar o usuário, fazendo parecer que seu conteúdo é apenas propaganda, gerando desinteresse dele.

Aqui no topo, você não vai dizer de cara que o leitor precisa da sua solução. Se seu conteúdo tiver uma linguagem muito de “papo de vendedor”, vai afastá-lo, causando o efeito contrário ao que você deseja.

Mas, afinal, o que é um conteúdo de topo de funil?
Ele é um conteúdo para atração de clientes, e pode ser o primeiro contato que o usuário terá com sua marca. O comportamento da maioria dos usuários, hoje, é ter dúvidas e ir buscar a resposta na internet. Assim, o conteúdo de topo trará as respostas a estas perguntas, com explicações a respeito do que eles estão buscando.

O conteúdo também pode apontar para uma possível solução, mas sem vender ainda. Você deve construir credibilidade, mostrando que domina o assunto e está disposto a ajudar o usuário por meio do seu conhecimento compartilhado.

Como esta fase engloba descoberta e interesse, a persona vai descobrir que tem um problema, o conteúdo vai levar ela a entender que tem essa dor, ou pode fazer com que ela comece a pensar que tem um problema que precisa ser resolvido.

Neste início de jornada, você falará sobre temas mais introdutórios para despertar interesse, para os leitores desejarem saber mais e conhecer mais. Imagine que eles estão fazendo pesquisas, que não sabem que precisam do seu produto, assim, você precisa colocar eles no seu universo. Por meio do conteúdo, você vai “abrir os olhos” do cliente para o que ele ainda não tem consciência.

Use dos conteúdos de topo para construir relacionamento e autoridade para a sua marca. Lembre-se que não é o momento de fazer “marketing de interrupção”, mas de trazer leads qualificados para o seu funil de vendas.

Então, curtiu o nosso artigo? Então, que tal entender mais sobre o processo no post Jornada de compra: como fazer sua estratégia dar mais resultados? Te esperamos por lá!

Conteúdos relacionados